Notícias

31/05/2019

Sistema permite acompanhar cronograma de obras nas escolas

Engenheiros e arquitetos que atuam nos Núcleos Regionais de Educação do Paraná participaram nessa quinta-feira (30) da etapa prática do curso de capacitação do Sistema de Gestão de Projetos e Obras (SGPO). Desenvolvido com o objetivo de melhorar o planejamento e a gestão de projetos e obras de edificações, o sistema permite o acompanhamento preciso dos trabalhos e verificar se o cronograma está sendo cumprido.

A atividade integra reunião técnica realizada durante três dias pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional – Fundepar.

A utilização do SGPO traz agilidade, transparência e informações que vão contribuir para uma melhor execução das obras escolares. “O sistema é uma ferramenta que permite um diagnóstico mais preciso e um controle maior na aplicação dos recursos financeiros”, explicou o diretor-presidente do Instituto Fundepar, José Maria Ferreira.

Ele destacou o compromisso da atual gestão em oferecer escolas com condições mais adequadas para atender os estudantes da rede estadual de ensino. “O investimento na infraestrutura das escolas é fundamental para a melhoria da qualidade de ensino. Uma boa escola ajuda na aprendizagem dos nossos estudantes”, comentou José Maria.

A nova ferramenta vai facilitar o trabalho dos engenheiros responsáveis pelas obras nas regionais de ensino. “Com o sistema é possível que os procedimentos até a conclusão de uma obra se tornem mais rápidos e também mais seguros”, disse o engenheiro Antônio Minicardi, que atua no Núcleo Regional de Educação de Maringá.

Para a engenheira Kelly Brito, do Núcleo Regional de Educação de Foz do Iguaçu, o evento também é uma chance de conhecer a realidade das outras regionais. “Temos a oportunidade de conversar sobre a nossa atuação, de trocar experiências, e buscar informações para melhor atender as demandas existentes quando se trata de obras escolares”, afirmou.

Na ocasião também foram apresentadas algumas as ações do Paranaeducação, como o programa Mãos Amigas, que utiliza a mão de obra de detentos do sistema prisional para serviços de manutenção das escolas estaduais, e o programa de restauração dos colégios tombados pelo patrimônio histórico. Foram explicadas ainda maneiras de buscar recursos financeiros para obras em prédios escolares e centros culturais.

Outros assuntos abordados foram planejamento, licitação, contratação e fiscalização de obras públicas, saúde, convênios e segurança ocupacional e do trabalho.

A reunião contou com a presença do secretário de Estado da Educação e do Esporte, Renato Feder, que apresentou ações e metas da pasta.

SGPO - O Sistema de Gestão de Projetos e Obras (SGPO), resultado da parceria com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística, Paraná Edificações e Celepar, é composto pelos módulos de planejamento, projeto, custos e obras e integrado aos sistemas GPI (Gestão Patrimonial de Imóveis) e GMS (Gestão de Materiais e Serviços).

Com sua implantação, os procedimentos se tornam padronizados para a gestão orçamentária, técnica e financeira das obras de edificações realizadas pelo Governo do Paraná.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.