Notícias

13/05/2019

Copel e BRDE discutem parceria estratégica para o Paraná

Alinhados à determinação do governador Carlos Massa Ratinho Junior, de aproximar os elos da cadeia produtiva do Estado, a Copel e Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) decidiram estabelecer uma parceria de longo prazo para reforçar a atuação pelo desenvolvimento econômico do Paraná.

Nesta semana, o presidente da Copel, Daniel Pimentel Slaviero, recebeu o diretor de operações do BRDE, Wilson Bley Lipski, e o diretor administrativo, Luiz Carlos Borges da Silveira, para discutir estratégias de financiamento nas áreas de energias renováveis, eficiência energética e geração distribuída.

"O BRDE tem um importante papel como instituição de fomento para a região Sul e potencial para parcerias em projetos da Copel neste novo momento que o Paraná vive, com uma política de Estado que busca o desenvolvimento econômico sustentável, com planejamento, inovação e visão de futuro", afirmou o presidente da Copel.

BRDE - Atuando junto a municípios, empresas e cooperativas nos três estados da região Sul, o BRDE vai destinar, apenas em 2019, R$ 1 bilhão a projetos que promovem geração de empregos, renda e tributos. "O BRDE não se resume a fornecer linhas de financiamento. O banco oferece soluções de crédito para o fomento do setor produtivo", explica Wilson Bley.

Ele afirma que o Paraná tem um grande potencial para projetos estratégicos de longo prazo, possuindo grandes diferenciais em relação aos outros estados da Federação. “O Estado conta com a Agência Paraná de Desenvolvimento para desenhar projetos e políticas públicas, instituições fortes como Copel e Sanepar e duas instituições de fomento, que são o próprio banco e a Paraná Fomento. Nenhum outro estado brasileiro conta com estrutura deste porte para promover o desenvolvimento", complementou.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.